Doe seu Cupom Fiscal


 

Seu nome

Seu e-mail

CNPJ:(obrigatório)

Data da Compra:(obrigatório)

COO: (obrigatório)

Valor: (obrigatório)

doe_cupon_fiscal

cupom-fiscal_modelo

 

AQUI SUA NOTA VALE MUITO!

A ABAN Brasil Ong está inscrita no Programa da Nota Fiscal Paulista.
A organização está habilitada a receber cupons fiscais sem a identificação do CPF do consumidor e cadastrá-las no sistema da Nota Fiscal Paulista.
Depois de cadastrados e processados, recebemos por cada cupom, créditos que são muito significativos para manutenção dos nossos projetos sociais!
Mas atenção: cada cupom fiscal só é válido até o dia 10 do mês seguinte à data da compra. “Envie sua nota o quanto antes”
Se você tem uma empresa e emite cupom fiscal, entre em contato conosco para podermos organizar a coleta dos cupons.
Se você é consumidor e deseja ajudar, preencha os campos com os dados do seu cupom sem CPF:

 

 

Doações através de Cupom Fiscal sem CPF

O programa Nota Fiscal Paulista permite que pessoas e estabelecimentos doem notas e cupons fiscais sem identificação do comprador para entidades beneficentes e com isso, fazer reverter os créditos para as instituições. Assim, basta você nos enviar as notas fiscais de suas compras, não registradas no Programa do Governo do Estado no ato da aquisição.

As suas doações podem colaborar com o trabalho da ABAN doando seus cupons. Os créditos destinados pelo Governo do estado de São Paulo serão revertidos à manutenção dos nossos projetos assistenciais.

Assim, basta você nos enviar as notas fiscais de suas compras, não registradas no Programa do Governo do Estado no ato da aquisição. Mas atenção: as notas fiscais devem ser enviadas impreterivelmente até o dia 15 mês seguinte a compra ou perdem sua validade no Programa.

Salientamos NÃO fornecerem o CNPJ da ABAN no momento da compra, pois tal procedimento contraria a legislação. O CNPJ ou CPF informado ao estabelecimento comercial no momento da compra deverá ser do adquirente da mercadoria, conforme consta do artigo 2º da Lei nº 12.685/2007: “A pessoal natural ou jurídica que adquirir mercadorias, bens ou serviços de transporte interestadual e intermunicipal de estabelecimento fornecedor localizado no Estado de São Paulo, que seja contribuinte do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação – ICMS, fará jus ao recebimento de créditos do Tesouro do Estado.”